CZAR IVAN, O TERRÍVEL

Proibido a reprodução sob as penas da lei 9610/98 

Aos 3 anos de idade já foi proclamado Grão principel da Russia onde aos 17 anos se auto proclamou Czar da Russia onde comandou conquistando diversos territórios e também administrou serenamente seu governo. Este Ivan é o da história Russa e o que vamos contar fez história neste sábado onde estava sendo bravamente barrado por seus marcadores, principalmente pelo zagueirão Guga junto com seus companheiros não aguentando a forte pressão que os guerreiros de Ivan exerciam,  cansou e saiu do jogo. Foi um castigo, pois depois que saiu, parece que o time se perdeu em campo levando 3 gols em menos de 10 minutos.

O JOGO – A partida começou com o Ouro Verde já tomando as rédeas e colocando o Piriri para jogar em seu próprio campo. Thiago deu um lençol no meio campo e tocou para Ivan dominar, partir com tudo para cima da defesa do Piriri que se defendeu com 4 jogadores marcando em cima.

Em um chute de fora da área, Reginaldo se esticou todo para fazer uma grande defesa.

O Ouro Verde continuava pressionando e aos 15 minutos, após um vacilo do meio campo o meia Léo roubou a bola e tocou rápido para o atacante Daniel entrar com tudo e tocar na saída do Glaucio marcando o primeiro da partida.

Mal deu tempo de comemorar e Diego acertou um petardo da entrada da pequena área com a bola indo no ângulo estufando as redes de Reginaldo empatando a partida.

O jogo ficou pegado no meio de campo e Diego recebe uma bola na esquerda, toca para Ivan bater forte por cima do gol. A partida ficou parada por 5 minutos após Reginaldo sentir um desconforto muscular e teve que dar o lugar para o improvisado Diego que saiu da linha para o gol. No primeiro lance Ivan recebe na velocidade, ganha do zagueiro e toca na saída de Diego que fez uma bela defesa.

Ivan tentava furar o forte bloqueio do Piriri que jogava recuado esperando a oportunidade do contra ataque e mais uma vez aproveitando um cruzamento da direita cabeceou forte com a bola raspando a gol.

O último lance da partida foi também com Ivan que não conseguiu aproveitar um rebote mal feito da defesa do Piriri chutando fraco. O Piriri voltou disposto a não se defender tanto e colocou Guilherme, Samuel e Léo para pressionar a defesa do Ouro Verde bem postada não dava espaços. O jogo ficou meio truncado no meio com poucas chances para os times que procuravam abrir espaços para atacar. O espaço veio através da expulsão de Gustavo que levou o segundo amarelo.

Ouro Verde foi pra cima achando que tinha o jogo na mão e 6 minutos depois  acabou levando o contra ataque mortal de Elias que colocou o Piriri de novo na frente.

Com um a menos e com a vantagem da vitória, o técnico Jorge fechou de vez o time. Ouro Verde se lançou  de vez ao ataque com Ivan que chutou forte com a bola passando por cima do travessão.

Um minuto depois o Ouro Verde pediu pênalti em um lance que o zagueirão Guga foi na bola e acabou sentindo câimbras tendo que ser atendido fora de campo.

Menos de um minuto depois da saída de Guga, Ivan aproveitou um cruzamento, e no meio de três  zagueiros subiu cabeceando firme para empatar o jogo. 

Dois minutos depois, Diego bate forte com a bola indo longe. Roberson que entrou no segundo tempo recebeu na entrada da pequena área e não teve tranquilidade isolando a bola. Ivan recebe dribla Daniel, invade a pequena área e toca na saída do goleiro que realiza uma boa defesa.

Neste lance, Ivan poderia ter tocado a bola, já que tinha dois colegas ao lado que estavam esperando para empurrar para o fundo das redes. Sufocado, Piriri recebia uma pressão incrível e Samuel perdeu a bola no meio de campo para Juliano que tocou rapidamente para Ivan que não esperou a marcação de Daniel batendo forte marcando o gol da virada 3×2.

E não era a tarde de Daniel que marcou contra quando subiu para dividir a bola com Ivan que estava em uma tarde inspirada e saiu comemorando como se tivesse marcado.

Ivan, cansado e com o dever cumprido, saiu de campo aplaudido pelos companheiros e torcida na certeza de ter conquistado mais um território que no caso são os três pontos para o reinado do seu time(Quem conhece um pouco da história do Ivan, sabe de sua trajetória e sua grande paixão por futebol e pelo time. Nos últimos anos, sofreu com algumas lesões e mesmo proibido insistia em voltar. Agora recuperado, é uma peça chave para o time do Ouro Verde).Mas, toda esta euforia deixou  a defesa desatenta e novamente Elias entrou sozinho, na cara de Glaucio que só teve o trabalho de deslocar colocando fogo de novo na partida.

E Hissão recebeu uma bola, ganhou na correria do zagueiro e na entrada da área, bateu forte ampliando para 5×3.

Um minuto depois, Luizinho Neto coroou sua bela atuação marcando o sexto do Ouro Verde dando números finais na partida.

Com a vitória e o tropeço do Butantã que apenas empatou, o Ouro Verde assumiu a segunda colocação do campeonato com 10 pontos juntamente com o próprio Butantã e Master Urca que venceu o Povo da Bola. Operário Ahú  venceu o Spartak e soma 12 pontos. Destaque também para a sonora goleada do Xaximdiru que aplicou a maior goleada do campeonato em cima do Colorado marcando 11×0. Rádio Taxi goleou o Tois que soma 9 pontos ao lado do Buriti que venceu o De Lado que cai a cada rodada em um jogo difícil pelo placar de 4×3. Uma incrível média de mais de 6 gols por jogo.

VEJA TODAS AS FOTOS DO JOGO NO YOUTUBE

Confira todos os resultados:

OURO VERDE 6 X 3 PIRIRI
UNIÃO ESTÁVEL 2 X 1 UNIDOS
POVO DA BOLA 2 X 3 MASTER URCA
OPERÁRIO AHÚ 3 X 1 SPARTAK
SQUADRA AZZURRA 4 X 2 VILA NOVA
BUTANTÃ 3 X 3 VERA CRUZ
XAXIMDIRU 11 X 0 COLORADO
RADIO TÁXI CAPITAL 5 X 0 TOIS
BURITI 4 X 3 DE LADO FOOT GOLES
BEBEBUM 3 X 3 ESTRELA VERMELHA

Texto e fotos: Valquir KIU Aureliano

 

 

Deixe uma resposta