ATLÉTICO SOBERANO NAS CATEGORIAS DE BASE. DESTA VEZ SUB-11 LEVOU

ATLÉTICO CAMPEÃO DA TAÇA CURITIBA DE FUTEBOL 2017

Com uma campanha praticamente impecável, Atlético SUB-11 conquista a VI TAÇA CURITIBA DE FUTEBOL 2017, muito bem organizado pela RM Eventos que trouxe vários árbitros bons para comandar as partidas. A campanha do  Atlético foi com 10 vitórias, 1 derrota e com o resultado de ontem, 3 empates. O ataque foi muito bem com 38 gols com o artilheiro Henrique sendo o goleador junto com mais três atletas de outras equipes. Mas, como prevê o regulamento, a equipe que tiver melhor colocada leva a premiação. O artilheiro da competição poderia ter sido isolado se o excelente goleiro do Paraná Clube não defendesse um pênalti quase no final da partida. A propósito, o goleiro do Paraná Gabriel Vialle foi eleito o melhor em campo. Pelo lado atleticano os atletas Gabriel e Khauan foram eleito os melhores no jogo de ontem. Mas, o grupo do Sub-11 tem garotos de muito potencial pela frente com alguns destaques começando pelos goleiros Joaquim, Felipão e Barduco que ao final do campeonato fechou o gol. O que falar o zagueiro artilheiro Pedrão que quando vai para a bola nas cobranças de faltas, deixa os goleiros adversários preocupados, não com a violência nos chutas, e sim, com a precisão das bolas paradas e joga ao lado de Audric que não aparece muito, mas muito preciso nas roubadas de bola. Os bons laterias Nicolas e Joãozinho que marcam e apoiam sem parar esbanjando  fôlego. No meio campo um trio perfeito com Fernando e Khauan nas roubadas de bola com firmeza e Khauan, além do Pedro são os cobradores oficiais das faltas e cobranças de escanteio. Inclusive na primeira partida o técnico Harrison optou em colocar Kauan na lateral esquerda, justamente para marcar o atacante paranista que levava muito perigo por este setor. E o craque e camisa 10 da equipe, Dudu que comanda o time com arrancadas e dribles secos e firmes e lançando os velocistas Gabriel e Felipe. Gabriel que entrou nas finais reforçando a equipe e Felipe, um garoto que veio de São Paulo tentar a sorte em Curitiba como jogador e contando com o esforço da mãe que veio junto e agora com a mudança em definitivo dos pais para a capital o futebol de Felipe tende a se soltar mais. Mas, não é só a mãe de Felipe que sofre, pois coração de mãe é aflição, emoção que toma conta de todos. Os campeonatos de categorias inferiores são assistidos por famílias que buscam o melhor para os filhos se sacrificando as vezes, no trabalho para acompanhar os pequenos atletas. A comissão técnica do Atlética é excelente com os técnicos Harrisson(sub11 que conquistou o título na tarde de ontem, dia 06/12) e Daniel(sub 12 e  sub 13 que foram campeões na última quinta, dia 30 de novembro,  e juvenil que inclusive decide no próximo sábado o título da suburbana). A preparação das equipes fica a a cargo do preparador físico Cassiano e a preparação dos goleiros a cargo do Léo.
O Atlético jogou com o regulamento e esperou o Paraná atacar para explorar os contra ataques, e o goleiro Barduco pouco trabalhou na primeira etapa e o destaque foi o goleiro paranista com algumas boas defesas. Na segunda etapa e precisando do resultado o Paraná abandonou qualquer esquema de jogo e se lançou para cima deixando Gabriel e Felipe a vontade para armar os contra ataques, mas, os dois pareciam conformados com o resultado e apenas administravam o resultado. Ao final da partida Henrique teve a oportunidade de se isolar na artilharia cobrando um pênalti que foi muito bem defendido pelo arqueiro Gabriel Vialle do Paraná. Henrique perdeu o pênalti e acabou dividindo com mais três atletas o título de artilheiro da competição.

Crédito das fotos: Valquir KIU Aureliano/Amador Esportivo

Deixe uma resposta